Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nuvens de Reflexões

Devaneios de uma ítalo-luso-brasileira

Nuvens de Reflexões

Devaneios de uma ítalo-luso-brasileira

Visitando Ouro Preto e Mariana - Brasil

Diana Marcatto, 12.05.21

Esse destino é para quem é apaixonado por história. Ouro Preto é patrimônio Cultural da Humanidade, reconhecido pela Unesco em 1980, onde uma cidade inteira foi preservada desde a época em que foi construída pelos portugueses.

São várias igrejas, casas e prédios que fazem você se sentir de volta ao século XVII. Tudo limpo, organizado e bem conservado. Muito de nosso ouro estão lá naquelas igrejas. A Igreja Nossa Senhora do Pilar é a segunda mais rica em ouro no Brasil. Como indicação de igrejas ricas em ouro, no seu exterior elas eram pintadas de amarelo nas colunas.

37901346584_9ca124ce85_b
Igreja Nossa Senhora do Pilar

Cidade das ladeiras e ruas de pedra. É possível conhecer Ouro Preto em um final de semana com folga para dar uma escapada a Mariana. Em Ouro Preto visitei o Museu da Inconfidência, a igreja do artista Aleijadinho, igreja do Pilar e diversas outras igrejas. Pois é tudo muito próximo. Para ir a Mariana, pegamos o trem da Vale, que possui um lindo trajeto. Dica de viagem: Sente do lado direito do vagão para poder apreciar mais a vista. Pegamos o vagão simples, que já é lindo. Todo em madeira. O ingresso foi 40 reais somente ida.

26842371979_76a599bdb7_b
Interior do vagão simples do trem da Vale

Chegando em Mariana, conhecemos mais um pouco do centro histórico, a começar pela Praça Minas Gerais, onde tem a primeira Camara Municipal do Brasil. O estado de conservação de Mariana não é o mesmo de Ouro Preto. Porém é possível ver diversos itens ainda originais dentro dessa câmara. Nessa mesma praça temos o pelourinho, a igreja de São Francisco de Assis e a igreja Nossa Senhora do Carmo.

37901288224_32590a6d57_b
Igreja Nossa Senhora Francisco de Assis. Na praça de Mariana, com pelourinho.

Ainda em Mariana conhecemos a Minas da Passagem. Uma mina que já retirou toneladas de ouro que foram usados no Brasil e outra parte fora enviado para Portugal e Inglaterra. O lugar é lindíssimo e vale muito a pena ir. Para chegar ao fundo da mina, eles ainda usam o carrinho de minério que levava as pessoas para região da escavação. O ingresso para visitar a mina é 50 reais.

Lagoa dentro da Minas da Passagem

Em Ouro Preto ficamos no hotel Boroni, que por ser próximo a praça principal de Ouro Preto, fizemos muitas coisas a pé. Para Mariana pagamos um city tour de 50 reais onde seguimos de Trem da Vale e voltamos de van para ouro preto. Com guia turístico incluso para a cidade de Mariana, o valor do trem da Vale foi pago a parte. Para quem realmente gosta de conhecer a cultura local e a sua história recomendo o serviço com guia turístico, aprende-se muita coisa.