Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nuvens de Reflexões

Devaneios de uma ítalo-luso-brasileira

Nuvens de Reflexões

Devaneios de uma ítalo-luso-brasileira

O que mais gostei em Punta Del Leste - Uruguai

Diana Marcatto, 03.05.21

Esse destino caiu de forma inesperada para mim. A muito tempo estava paquerando a ideia de viajar sozinha. Mas o medo do novo, de estar em um país que não falo a língua fluentemente sempre me travou. Então resolvi começar por essas agências de viagens que reunem pessoas na mesma situação para viajar, criando um grupo e um roteiro. Assim faltando apenas 3 semanas para o carnaval de 2018, entrei em contato com a Single Trip e fui para Punta Del Este com eles passar 4 dias. Apesar de ser carnaval, lá na prática não era. Não se via um único confete pelas ruas. Para quem não curte carnaval como eu, é o lugar perfeito. Todas as lojas funcionavam todos os dias normalmente.

Praia no Porto

 

O local é lindo no que se diz em projetos arquitetônicos: prédios, o desenho da orla das praias e disposição das ruas. Porém as praias possuem águas de uma coloração escura, talvez por causa da fusão em alguns pontos com o Rio da Prata, que fica entre o Uruguai e a Argentina. Apesar de ter ido no verão, a noite fazia muito frio e ventava muito! – Dica de viagem: quando for a Punta leve biquini, porém um agasalho bem quentinho para as noites. – Acabei ficando com a garganta extremamente inflamada e tive que comprar antibiótico lá. – Dica de viagem: no Uruguai não é exigido receita médica como no Brasil para comprar uma amoxicilina por exemplo. – Punta del Este é um lugar pequeno, parece muito com algumas pequenas cidades da região dos lagos do Rio de Janeiro. Um lugar de praia para relaxar porém com pouco entretenimento. Um final de semana com 3 dias é o suficiente para conhecer bem a região.

Playa Brava – O prédio circular ao fundo é a Trump Tower em construção

 

vida noturna em Punta del Este se resume a muitas opções de restaurantes, barzinhos e para quem gosta de boate essa começa depois das 2 horas da manhã. Esse horário com certeza eu já estava dormindo. Mas no grupo que fui, há quem gostasse dos embalos do sábado a noite. Punta del Este é um ambiente para quem deseja relaxar, gosta de compras e de luxo. Ficamos no 2122 Hotel Art Design, bem próximo a Playa Brava, o Punta Shopping e a icônica Trump Tower. Essa cidade atrai muitos turistas com renda alta, o que faz com que você veja muitos carros de luxo como Lamborghini, Porsche, Ferrari além das mansões e prédios de alto luxo.

Sofitel em Montevideo

 

Vou citar aqui os lugares que mais gostei na região:

  • Monumento Los Dedos – essa é aquela famosa escultura feita na Playa Brava, bem próxima a Av Gorlero. Para conseguir aquela foto fantástica o ideal é ir por volta das 7 horas da manhã. Em Punta assim como em Buenos Aires, as pessoas possuem costume de dormir tarde e acordar tarde. Então quando chega por volta das 10hs o monumento está lotado e fica difícil conseguir aquele click especial.
Até o cãozinho acorda tarde

  • Av Gorlero – essa é uma rua inteira com varias lojinhas de souvenir e outras coisas mais. É bem legal para fazer compras e encontrar seu doce de leite e alfajor. Eles aceitam pesos uruguaios, dólar e cartão de crédito. Mesmo no carnaval, tudo estava aberto normalmente. – Dica de viagem: minha sugestão de restaurante nessa rua é o Ramona. Possui um cardápio variado e com comida saudável. Lá experimentei o melhor risoto de toda minha vida: risoto de quinoa com parmesão.
Aviso em uma loja de souvenir

  • City Tour – estava incluso no pacote com a agência uma van que percorreu todo o litoral de Punta. Passamos pela Playa Brava, do Ingleses, do Bikini, pela ponte em forma de onda e chegamos até o balneário de José Ignacio um oásis de tranquilidade. 
Praia no Balneário de José Ignácio

  • Casapueblo – para mim esse é o ponto turístico mais bonito da região. Dentro do museu possui um pequeno restaurante com vista para o mar de tirar o fôlego. Vale super a pena passar uma tarde toda lá, relaxando. A estrutura da casa feita a mão e pintada toda de branco é belíssimo, lembra Santorini. Construída na encosta de Punta Ballena, o museu possui a historia do arquiteto Carlos Páez Vilaró e uma homenagem a seu filho Carlos Miguel, um dos dez sobreviventes do acidente da Força Area Uruguaia Voo 571 que caiu nos Andes em 1972.
Vista do museu para a encosta de Punta Ballena
Vista do restaurante para Punta Ballena

  • Viña Éden – Esse foi um achado que estava incluso no pacote com a agência de turismo. Trata-se de uma vinícola especializada em vinhos naturais na região de Maldonado. Possui um citytour interno para conhecer a fabricação do vinho e ao final um cardápio delicioso com degustação dos vinhos fabricados além da refeição. Para quem é apreciador de um bom vinho, vale a pena.
Vinhos naturais em repouso
Degustação de vinhos com refeições goumert

  • Porto – O porto de Punta é um local que com certeza dá belas fotos. Possui uma feira de peixes e frutos do mar, passeios de barcos para a ilha dos lobos marinhos e demais. Restaurantes, barzinhos e um por do sol deslumbrante. Um lugar bem familiar, onde os uruguaios costumam ir pescar ao final do dia. Com sorte você verá lobos marinhos próximos aos barcos e aos peixes que são vendidos na feira.
Porto
Passeios para as Ilhas mais próximas
Lobo Marinho pedindo comida ao peixeiro

  • Feira de Artesanato – Essa feira é fixa, e fica ao final da Av Gorlero. O ideal é ir após as 19hs, quando todos já terão montado suas barraquinhas para vender o artesanato.
Praça da Feira de Artesanato

Dicas práticas para sua viagem

  • Wi-fi – Não fique preocupado em comprar chip de dados. A maior parte dos restaurantes, van, ônibus e shopping possuem wi-fi liberado
  • Táxi – Eles preferem receber em pesos uruguaios, porém a maior parte deles aceita dólar e real também. Mas a conversão não é muito vantajosa.
  • Caminhadas – Punta del Este é bem pequeno, dá para fazer muitas coisas andando. A noite em feriados como Carnaval, as ruas ficam bem engarrafadas e é difícil pegar táxi. O ideal é procurar um ponto de taxi para embarcar ou ligar pedindo um.

Eu adorei conhecer Punta del Este, queria ter ido aos dois museus próximos de onde estava hospedada: museu do Mar e o Ralli. Porém eles não abrem na segunda, dia livre dentro do cronograma da agência de viagens. Nessa viagem, ainda conseguimos um adicional, na terça voltamos para Montevidéu, e como nosso voo de retorno era no periodo da tarde, na parte da manhã o grupo decidiu fazer um rápido citytour para conhecer os principais pontos da cidade. Valeu super a pena fazer. Punta fica apenas a 2 horas da capital do Uruguai, e se for seu caso, dá para fazer um bate e volta, passando o dia todo lá.

Teatro Solis no centro de Montevidéu
Praça da Constituição
Catedral Metropolitana de Montevidéu de 1740

Em em contexto geral, adorei o país e suas principais cidades: Montevidéu, Punta del Este e Colônia del Sacramento. A hospitalidade do povo e seu desapego de datas católicas é algo interessante de conviver. Segundo informações dadas pela guia turística local, o Uruguai foi colonizado por espanhóis e teve apenas uma igreja católica feita em sua praça principal. Eles não possuem o hábito de comemorar datas de cunho religioso como semana santa, carnaval, dias para santos e etc. Apenas usam o feriado para relaxar ou como dizem: “semana do turismo” que coincide com a nossa semana santa.