Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nuvens de Reflexões

Devaneios de uma ítalo-luso-brasileira

Nuvens de Reflexões

Devaneios de uma ítalo-luso-brasileira

Falta de reciprocidade

Diana Marcatto, 03.08.21

Acho que uma das piores coisas na vida de um romântico é estar em uma relação em que ele é devoto e o outro não.

É mesmo muito ruim estar em uma relação em que nitidamente se percebe que a pessoa não ama você. Tem carinho, gosta, respeita... mas não ama... não admira. Deixa sempre aquela sensação de a qualquer momento você é descartável. Ou que está com você por comodismo, conveniência, gratidão... 

Isso é mesmo uma tortura para um coração que ama e não é correspondido. Porque por amar... submete-se a tal condição... e sofre por não saber o que é receber a reciprocidade do ser amado. 
Não desejo a ninguém estar em uma relação unilateral. 

Ponto de Vista

Diana Marcatto, 02.08.21

"Pois é a minha opinião, o meu ponto de vista".

Todo ponto, é apenas um ponto para uma vista. E uma vista é possível ver de vários pontos.

Como mulher, afirmo que é extremamente estressante e cansativo a cobrança da sociedade, da igreja, por vezes da família também ... a obrigação de ser mãe. A obrigação de nascer, crescer, casar, ter filhos e morrer.
E se a natureza da pessoa seguir um outro ciclo... nascer, crescer, casar e morrer. 
Por que ainda tratam mulheres que não desejam ter filhos como pessoas como pessoas doentes ou problemáticas. Sim pois, a expressão facial ou os comentários feitos a uma mulher que deseja não seguir o "ciclo sem fim" e como se a mesma estivesse doente ou com algum distúrbio mental.

Muito já se evoluiu na sociedade, mas com certeza ainda há muito a evoluir ... a começar por compreender que as pessoas são diferentes.

Essa expectativa e projeção que os pais fazem em cima de seus filhos, como uma extensão de seus sonhos e desejos sinceramente é muito mais egoista do que qualquer outra coisa. Pois é um egoísmo que sufoca e para mim demonstra uma certa falta de amor. Ao meu ver amar é aceitar o outro como ele é, respeitar suas decisões. E honestamente vejo poucos pais que não fazem de seus filhos extensão dos seus desejos e sonhos ... uma continuação de si mesmo e suas expectativas. 
Dizem que homens e mulheres que não desejam ter filhos são egoistas. Mas será mesmo ? Ou será que são apenas conscientes de seus defeitos e não querem permetuar isso para que outra alma sofra?

Todo ponto, é apenas um ponto para uma vista.

So sei que é cansativo demais viver em função de atender a expectativa de quem nos deu a vida. Como uma chantagem emocional, se apropriando de nosso sentimento de culpa para ter seus desejos pessoais realizados. 
E talvez ainda um pouco pior para a mulher do que para o homem. Um homem sem filhos é visto como um aventureiro, não é tão mal visto como uma mulher que não deseja filhos. 
Ah a mulher que não deseja filhos, ou não cobiça em tê-los ... ah essa mulher "com certeza tem algum problema".
Receitas de bolo para uma vida feliz, nunca deram certo. É como aquelas receitas de internet, com a foto de um lindo bolo... e quanto tentamos reproduzir a receita, o bolo ensola. Cada um tem uma maneira única de levar a vida, não dá para reproduzir a receita de bolo do outro.